Comissão Própria de Avaliação - CPA

  • Apresentação
  • Finalidade e Atribuições
  • Dimensões Avaliadas
  • Composição
  • Instrumentos
  • Resultados
  • Fale Conosco
  • Sites Úteis

Apresentação

A Comissão Própria de Avaliação (CPA) é o órgão responsável pela Autoavaliação Institucional no Centro Universitário de Patos de Minas – UNIPAM. O processo de avaliação das Instituições de Ensino Superior (IES) foi regulamentado em 2004, através da Lei 10.861, que instituiu o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) no Brasil. O Sinaes é vinculado ao Ministério da Educação (MEC) através Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que organiza e divulga as informações decorrentes das políticas de avaliação.

O Sistema Nacional de Avaliação é alicerçado por 3 (três) modalidades principais de avaliação:

  • 1. Avaliação das Instituições de Educação Superior (AVALIES):
    • 1.1 Autoavaliação: Estruturada, organizada e executada pela CPA de cada IES.
    • 1.2 Avaliação Externa: Realizada, por comissões designadas pelo MEC/Inep, para fins de credenciamento e recredenciamento de IES.
  • 2. Avaliação dos Cursos de Graduação (ACG):
    • Realizada por comissões designadas pelo MEC/Inep, para fins de autorização, reconhecimento, renovação de reconhecimento de cursos de graduação.
  • 3. Avaliação de Desempenho de Estudantes (ENADE):
    • Exame realizado pelo MEC/Inep e aplicado a todos os alunos ingressantes e concluintes dos cursos de graduação.

A CPA do UNIPAM se esforça para que ocorra o envolvimento de toda a comunidade acadêmica - alunos, professores, funcionários e egressos – na Avaliação. Essa participação envolve a discussão do processo de Autoavaliação, o fornecimento de informações através de instrumentos elaborados pela comissão, com a finalidade de coletar dados para o programa, e, por fim, a elaboração do Relatório de Autoavaliação Institucional.

Finalidade e Atribuições

De acordo com o Artigo 66 do Estatuo do UNIPAM, a CPA tem por finalidade a coordenação do processo interno de avaliação institucional, competindo-lhe:

I - elaborar e aprovar as políticas e as diretrizes para a avaliação interna da Instituição, contemplando a análise global e integrada do conjunto de suas dimensões;

II - propor e aplicar instrumentos e estratégias de avaliação institucional a toda comunidade acadêmica;

III – propor e aplicar instrumentos de avaliação institucional aos egressos;

IV - promover a apuração dos resultados das várias etapas do processo avaliativo;

V - elaborar e aprovar os relatórios decorrentes dos processos de avaliação interna, encaminhando-os aos setores pertinentes;

VI - acompanhar, permanentemente, o Plano de Desenvolvimento Institucional e o Projeto Pedagógico da Instituição e apresentar sugestões;

VII - acompanhar os processos de avaliação externa da Instituição;

VIII - informar suas atividades à Administração Superior, mediante apresentação de relatórios, pareceres e recomendações referentes ao processo de autoavaliação.

Dimensões Avaliadas

As dimensões a serem consideradas pela Avaliação Institucional Interna foram estabelecidas pela Lei 10.861/04, art. 3º, que instituiu o SINAES. São elas:

1) A missão e o Plano de Desenvolvimento Institucional;

2) A política para o ensino, a pesquisa e a extensão;

3) A responsabilidade social da Instituição;

4) A comunicação com a sociedade;

5) As políticas de pessoal e as carreiras do corpo docente e do corpo técnico-administrativo;

6) A Organização e a gestão da instituição;

7) A Infra estrutura física, especialmente a de ensino e pesquisa, biblioteca, recursos de informação e comunicação;

8) Planejamento e avaliação, especialmente em relação aos processos, resultados e eficácia da Autoavaliação Institucional;

9) Políticas de atendimento aos estudantes e egressos;

10) Sustentabilidade financeira, tendo em vista o significado social da continuidade dos compromissos na oferta da educação superior.

Composição

O SINAES determina que todas as Instituições de Educação Superior do país constituam uma Comissão Própria de Avaliação (CPA), que tem como principais funções aprovar políticas e diretrizes do processo avaliativo, bem como sistematizar, coordenar e elaborar os processos de Autoavaliação Institucional, além de prestar as informações solicitadas pelo MEC/Inep.

A CPA do UNIPAM é composta por representantes de todos os segmentos da comunidade acadêmica.

Membros da CPA:

Maria de Fátima Silva Porto – Representante Docente

Ronaldo Pereira Caixeta - Representante Docente

Eduardo Henrique Silva - Representante Técnico-Administrativo

Maria Inês de Deus Bernardes - Representante Técnico-Administrativo

Anna Júlia Pereira Bastos - Representante Discente

Hilver Rodrigues Silva Mendes - Representante Discente

Lúcia Helena Batista Tredezini - Representante da Sociedade Civil Organizada

Conceição Aparecida Silva Marques - Representante da Sociedade Civil Organizada

Instrumentos

  • Avaliação do Desempenho Docente e Autoavaliação Discente - aluno;
  • Avaliação de Estágio – aluno;
  • Avaliação do Orientador de PI;
  • Avaliação das dimensões – aluno;
  • Avaliação das dimensões – professor;
  • Avaliação das dimensões – técnico-administrativo;
  • Avaliação realizada pelo Aluno Egresso;

Resultados

A Avaliação Institucional no UNIPAM

No UNIPAM, toda a comunidade educativa é convidada e sensibilizada para participar da avaliação institucional. Assim, nos ciclos avaliativos 2009-2011 e 2012-2014, docentes, discentes, técnico-administrativos e egressos responderam aos questionários disponibilizados via Web, no Portal Acadêmico, acessando a área de usuário, de acordo com o segmento ao qual pertencia.

Vale ressaltar que, com o objetivo de preservar a confidencialidade das respostas, a CPA afirmou seu compromisso ético de modo a preservar a identidade dos respondentes. Para o cumprimento desse compromisso, a CPA contou com a colaboração da equipe de Tecnologia de Informação (TI) do UNIPAM, cujos mecanismos permitiram desvincular as respostas dadas dos sujeitos respondentes.

No UNIPAM, a divulgação e o compartilhamento dos resultados da avaliação institucional com os sujeitos e os setores envolvidos são realizados, respeitando os princípios da confidencialidade e da ética. Assim, os resultados individuais são remetidos aos seus respectivos interessados e os resultados gerais são encaminhados a alunos e setores da IES.

Em atendimento às políticas de Avaliação do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES), anualmente são postados na plataforma e-Mec, pelo UNIPAM, os relatórios parciais e ao fim de cada ciclo trienal são postados os relatórios completos.

O UNIPAM acredita que a avaliação processual e dinâmica das múltiplas dimensões, serviços e setores da instituição de ensino superior, avaliados pelos seus diferentes atores, poderá gerar subsídios para o redirecionamento de ações, visando à superação das fragilidades. É no esforço de cada um dos seus membros e no conjunto dos grupos e colegiados que reside a força e as ações a serem empreendidas na busca constante do aprimoramento dos serviços prestados à comunidade local e regional.

Nesse sentido, os resultados foram compartilhados com as pessoas, os colegiados e os setores envolvidos, os quais elaboraram seus planos, prevendo as ações a serem implementadasP[1]P diante dos pontos frágeis, as ações a serem consolidadasP[2] Ppara os resultados satisfatórios, bem como as ações a serem mantidasP[3]P diante dos pontos fortes revelados pela avaliação.

A seguir, são apresentadas, de forma consolidada, as ações planejadas pelos colegiados, setores e serviços mediante os resultados obtidos na avaliação das dez dimensões da instituição.

  • TP[1]PT Para resultados ≤ 3,5
  • TP[1]PT Para resultados > 3,5 ≤ 4
  • TP[1]PT Para resultados > 4

  • 1 - A Missão e o Plano de Desenvolvimento Institucional

    • 1.1 Ações a serem mantidas:
      • Manutenção da implantação das metas e ações constantes no PDI de forma adequada.
      • Fortalecimento do processo de divulgação da missão e dos objetivos da instituição por meio dos canais de comunicação do UNIPAM.

  • 2 - O Ensino, a Pesquisa e a Extensão

    • 2.1 Ações a serem mantidas:
      • Acompanhamento das mudanças da legislação educacional externa (CNE/CES/MEC) e interna (CON/UNIPAM), das recomendações dos órgãos de classe, avaliando constantemente o PPP do Curso.
      • Disponibilização de cópia do PPC para os docentes (versão eletrônica e impressa), para leitura, reflexão e definição das ações no âmbito acadêmico e pedagógico.
      • Manutenção do currículo do curso atualizado e coerente com o perfil desejado do profissional a ser formado.
      • Capacitação constante dos professores quanto às metodologias e aos recursos tecnológicos utilizados em sala de aula, às relações interpessoais, à oratória e ao processo de avaliação da aprendizagem.
      • Dinamização do processo de comunicação entre professor e aluno, por meio do portal do UNIPAM.
      • Socialização das normas para realização das atividades de estágio, de acordo com a natureza de cada curso, considerando um acompanhamento sistemático e processual.
      • Promoção de reuniões com o corpo discente para discutir e propor ações que reforcem os pontos positivos e melhorem os negativos, divulgando as decisões e ações propostas para os interessados.
      • Discussão do nível de exigência do curso nas reuniões de colegiado, inventariando diferentes estratégias pedagógicas para aprimoramento do processo ensino-aprendizagem.
      • Atualização docente por meio de participação em cursos oferecidos pelo Núcleo de Apoio Pedagógico do UNIPAM e por outras IES e em cursos de pós-graduação, sobretudo nos de nível strictu senso. Somam-se a isso o acesso ao acervo da biblioteca e publicações científicas disponibilizadas em revistas eletrônicas e a participação, como ministrante, em eventos científicos relacionados à área de atuação.

    • 2.2 Ações a serem consolidadas:
      • Adoção de ferramentas metodológicas alternativas e inovadoras, que valorizem a interdisciplinaridade, a relação teoria/prática, a participação mais ativa dos alunos, a avaliação processual e uma formação pessoal e profissional pautada na ética e na moral, numa postura mais humana, mais inclusiva e com mais tolerância às diferenças.
      • Intensificação do contato com profissionais responsáveis pelo acolhimento e/ou orientação dos estagiários, visando a esclarecer dúvidas, prestar informações e acompanhar a realização do estágio pelos alunos.
      • Manutenção de parcerias com os vários setores da FEPAM/UNIPAM, bem como com outras instituições de Patos de Minas e região, a fim de criar maiores oportunidades de estágio.
      • Incremento às atividades de extensão, sobretudo, aquelas voltadas para a dimensão profissional e humanística.
      • Intensificação dos espaços para análise dos planos de ensino e das ações propostas em cada disciplina com vistas à verificação da consonância com os princípios estabelecidos no Projeto Pedagógico do Curso.

  • 3 - A Responsabilidade Social da Instituição

    • 3.1 Ações a serem mantidas
      • Manutenção de programas, parcerias e convênios que objetivam a cidadania e inclusão social.

    • 3.2 Ações a serem consolidadas
      • Ampliação das ações de responsabilidade social da IES por meio da implantação e implementação de projetos e programas sociais nas diversas áreas.

  • 4 - A Comunicação com a Sociedade

    • 4.1 Ações a serem mantidas
      • Manutenção dos canais de comunicação e sistemas de informação da instituição visando à interação interna e externa.
      • Fortalecimento da divulgação das ações do UNIPAM por meios de diferentes veículos de comunicação.
      • Manutenção de uma veiculação de campanhas publicitárias e estratégias mercadológicas, de modo mais incisivo.

    • 4.2 Ações a serem consolidadas
      • Intensificação da divulgação da Ouvidoria enquanto canal de expressão de reivindicações de melhorias.

  • 5 - As Políticas de Pessoal e Carreira

    • 5.1 Ações a serem mantidas
      • Manutenção das políticas de incentivo à capacitação e aperfeiçoamento do corpo docente e técnico-administrativo.

    • 5.2 Ações a serem consolidadas
      • Dinamização da interação entre os membros da comunidade acadêmica.

    • 5.3 Ações a serem implementadas
      • Implementação da avaliação de desempenho do corpo técnico-administrativo com vistas à progressão na carreira.
      • Realização de cursos de atendimento ao cliente a ser ofertado a funcionários e estagiários.

  • 6 - Organização e Gestão da Instituição

    • 6.1 Ações a serem mantidas
      • Manutenção das políticas de gestão, com vistas à atuação do conselho universitário e dos colegiados de cursos com autonomia didático-pedagógica.
      • Fortalecimento da participação dos representantes dos segmentos da comunidade acadêmica nos processos decisórios dos órgãos colegiados.
      • Zelo pelos discursos individuais de funcionários, de professores e de gestores, fazendo com que a imagem do UNIPAM agregue valor à marca da Instituição.

    • 6.2 Ações a serem consolidadas
      • Incentivo à participação dos representantes discentes nas reuniões dos colegiados dos cursos.
      • Viabilização de práticas que propiciem a manutenção de uma visão sistêmica da Instituição.

  • 7 - Infraetrutura Física

    • 7.1 Ações a serem mantidas
      • Manutenção da qualidade da infraestrutura (iluminação, ventilação, equipamentos, móveis).
      • Reavaliação constante dos equipamentos de segurança, conforme determinação das autoridades responsáveis.
      • Atualização e manutenção constantes de materiais e equipamentos.
      • Manutenção das condições básicas de higiene e limpeza da infraestrutura física e de todo o seu acervo.
      • Atualização semestral dos títulos das bibliografias básicas e complementares em número suficiente.
      • Encaminhamento de comunicado sobre o andamento de processos licitatórios e seus resultados (adquiridos, esgotados, não cotados) aos colegiados dos cursos e demais interessados.

    • 7.2 Ações a serem consolidadas
      • Levantamento das possibilidades de atendimento de cada laboratório e melhor organização dos horários, tendo em vista as especificidades de cada curso.
      • Divulgação do agendamento dos horários na entrada de cada laboratório e na sala da coordenação, para conhecimento dos alunos.
      • Promoção de parcerias com instituições públicas e privadas que possam intercambiar e/ou doar materiais necessários às práticas laboratoriais.
      • Avaliação anual dos títulos indicados através do Qualis/Capes.

  • 8 - Avaliação Institucional e utilização dos resultados

    • 8.1 Ações a serem mantidas
      • Manutenção da aplicação dos instrumentos por meio da ferramenta do Portal Acadêmico.
      • Divulgação dos resultados gerais da avaliação para toda a comunidade acadêmica.
      • Manutenção do sigilo em relação aos resultados individuais gerados pela avaliação institucional.
      • Reuniões de sensibilização e comunicação da CPA com a comunidade acadêmica.
      • Incentivo aos alunos, por parte das coordenações de cursos, para participarem da avaliação institucional.

    • 8.2 Ações a serem consolidadas
      • Planejamento e implantação de ações acadêmico-administrativas a partir dos resultados da avaliação institucional e das avaliações externas.
      • Dinamização do processo de conscientização da comunidade acadêmica em relação à importância da avaliação institucional para os cursos e para a instituição.

  • 9 - Políticas de Atendimento aos Estudantes

    • 9.1 Ações a serem mantidas
      • Manutenção do apoio aos docente e discente, pelo Núcleo de Apoio Psicopedagógico.
      • Fortalecimento dos serviços de Monitoria e nivelamento.
      • Manutenção do Programa de Bolsas e Financiamento Estudantil.
      • Manutenção do ProUni na instituição.

    • 9.2 Ações a serem consolidadas
      • Ampliação de políticas de acesso, seleção e permanência de estudantes.

    • 9.3 Ações a serem implementadas
      • Implantação de mecanismos de comunicação com o aluno egresso e seus empregadores.

  • 10 - Sustentabilidade Financeira da Instituição

    • 10.1 Ações a serem mantidas
      • Manutenção do Comitê de Planejamento Estratégico.

Fale Conosco

Telefones:

  • (34) 3823 0181
  • (34) 3823 0300

E-mail:

  • cpa@unipam.edu.br

Site Úteis